Parque Nacional do Descobrimento
Parque Nacional do Descobrimento
Parque Nacional do Descobrimento
Parque Nacional do Descobrimento
Parque Nacional do Descobrimento

Parque Nacional do Descobrimento

O Parque Nacional do Descobrimento (PND) é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral localizada no município de Prado, extremo sul da Bahia. Foi criado por Decreto Presidencial em 20 de abril de 1999 e ampliado em 5 de junho de 2012. Abrange uma área de 22.607,74 hectares entre as coordenadas 16º55’ e 17º15’ de latitude Sul; e 39º25’ e 40º10’ de longitude Oeste. Uma característica importante do PND é que quase 20% da área está em regime de dupla afetação com a Terra Indígena Comexatibá, ou seja, é uma unidade de conservação com gestão compartilhada com a etnia Pataxó.
A história do lugar onde hoje é o município de Prado, registrada em papel, remonta ao primeiro contato entre os povos originários (indígenas locais) e portugueses ocorrido em 1500, tendo a criação do PND ocorrida no contexto das comemorações dos “500 anos do Brasil”. O nome “Descobrimento” faz referência ao episódio de primeiro contato entre colonizadores e habitantes da terra que hoje denomina-se “Brasil”, ocorrido na região da foz do Rio Cahy, conforme descrição da Carta de Pero Vaz de Caminha ao rei português Dom Manuel I. Esse termo vem sendo questionado por reforçar a narrativa de colonização de quem chegou ao território, mas não aquela dos que aqui já estavam. A área foi alvo do intenso extrativismo madeireiro de espécies florestais nativas. A técnica de manejo florestal utilizada pela madeireira Sociedade Anônima Brasil-Holanda Indústria - a BRALANDA, nas terras onde hoje é o PND, foi a do corte seletivo. 
O PND encontra-se inserido no domínio da Floresta Atlântica, fazendo parte da Hileia Baiana. A vegetação é composta predominantemente por Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas (Floresta de Tabuleiro) entremeada por áreas de muçununga e de vegetação em diferentes estágios sucessionais de regeneração. Protege parte das bacias hidrográficas dos rios Cahy, Peixe, Imbaçuaba, Japara Grande e Japara Mirim. Parte dos rios possuem suas nascentes no interior da unidade, o que demonstra a importância da UC como protetora de um conjunto de mananciais que abastecem e drenam a área litorânea local. Também é importante mencionar a notável quantidade de nascentes localizadas da região da Serra do Gaturama, no entorno do Parque. 
O Parque Nacional do Descobrimento está inserido em um conjunto de áreas protegidas que formam corredores ecológicos importantes para a conservação da biodiversidade da Floresta Atlântica na região da Costa do Descobrimento, assim como o Parque Nacional Histórico do Monte Pascoal e o Parque Nacional do Pau Brasil. No entanto, o número de espécies registradas no parque é considerado baixo, com apenas 233 espécies, das quais 191 são angiospermas e 42 são samambaias e licófitas. Isso indica a urgente necessidade de programas intensivos de coleta, uma vez que o número de espécies será consideravelmente ampliado com novas pesquisas. Alguns botânicos se destacam por suas contribuições para as coleções no PND, incluindo A.M. Carvalho, F.B. Matos, J.G. Jardim e W.W. Thomas. Suas coleções, principalmente depositadas nos herbários CEPEC e RB, são importantes recursos para estudos botânicos e para o conhecimento da flora presente no parque. 

Como citar

Para citação de informação proveniente da consulta à lista de espécies de plantas do(a) Parque Nacional do Descobrimento, usar:
Bochorny T, Alves-Araújo A, Antar G, Araújo MDF, Asprino R, Azevedo I, Cardoso D, Carrijo TT, Castello ACD, Colli-Silva M, Deccache LSJ, Fraga CN, Giacomin L, Goldenberg R, Guimarães EF, Heiden G, Hoyos-Gómez SE, Jardim J, Kaehler M, Labiak P, Lima DF, Lima HC, Lopes J, Marcusso G, Marinho LC, Marques O, Matos FB, Medeiros H, Meneguzzo TEC, Mezzonato AC, Moraes PR, Morim MP, Queiroz G, Sakuragui C, Paula-Souza J, Trovó M & Forzza RC. 2024. Lista de espécies de plantas vasculares do Parque Nacional do Descobrimento. In: Catálogo de Plantas das Unidades de Conservação do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: [https://catalogo-ucs-brasil.jbrj.gov.br]. Acesso em dia/mês/ano.

Contato: tbochorny@gmail.com
voltar áreas

Administrado pelo Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.
Desenvolvido por: Oliveira FA, Silva LAE, Carrijo TT, Moreira MM & Forzza, RC.