Catálogo de Plantas das Unidades de Conservação do Brasil

Sobre a Unidade de Conservação

A Floresta Nacional Contendas do Sincorá (FLONA CS) foi criada pelo Decreto Presidencial s/n de 21 de setembro de 1999 e abrange uma área de aproximadamente 11.000 ha entre os municípios baianos de Tanhaçu e Contendas do Sincorá (coordenadas centrais 13°46’S, 41°03’O). Anteriormente esta área era conhecida como Fazenda Extrema e a principal atividade de uso dos recursos naturais exercida pelos proprietários era a extração de carvão. Dentro dos limites da FLONA CS ocorrem dois córregos de leitos temporários, Garapa e Goiabera, que recebem água apenas no período de chuvas fortes, entre os meses de Novembro e Abril. A altitude da região varia entre 295 e 380 m e os solos são argissolos. O clima é semiárido, com precipitação anual de cerca de 600 mm e com temperatura média anual de 23 °C.

A FLONA CS está localizada na ecorregião da Depressão Sertaneja, em região de vegetação de Caatinga, a qual possui diversos tipos fitofisionômicos como caatingas arbóreas, arbustivas, bem como afloramentos rochosos e matas ripárias, além de uma extensa área já há 20 anos em regeneração. Além disto, esta região é limítrofe com a Chapada Diamantina e sua vegetação tem forte influência de elementos das áreas mais baixas da Cadeia do Espinhaço.

Diversos grupos taxonômicos já foram inventariados na região, como besouros, formigas, aves e morcegos. Em 1998 foi publicado o primeiro levantamento florístico arbustivo-arbóreo da FLONA CS, ainda sob o nome Fazenda Extrema. Esta lista foi revisada e novas expedições foram feitas, culminando com a publicação do levantamento florístico das Angiospermas em 2019. Muitas expedições científicas foram realizadas pelas equipes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) entre os anos de 2011 e 2018, com espécimes vegetais coletados e depositados especialmente nos herbários da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (HURB), da Universidade Estadual de Feira de Santana (HUEFS), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, campus de Jequié (HUESB) e campus de Vitória da Conquista (HUESBVC).